fbpx

Merchant Center Reprovado, veja motivos e como corrigir.

Conta suspensa, produtos suspensos… o Google Merchant Center (GMC) pode ser um pesadelo na sua vida de quem anuncia para o Google Shopping. Mesmo com campanhas rodando há meses ou anos, do nada algumas reprovações podem acontecer e se tornaram o inferno na vida de qualquer analista de mídia.

Criar uma conta no Merchant parece simples, você cria a conta, vincula o site, gera o feed e envia os produtos. Leva 24 a 48h para fazer o upload da primeira vez e se tudo der certo não só a listagem gratuita na aba de Shopping do Google estará pronta, quanto você poderá fazer anúncios de Google Shopping, dentro do Google Ads.

O problema é que para garantir a segurança dos consumidores, dezenas de requisitos precisam ser seguidos e caso sua loja fure um deles, seu site, conta ou seus produtos podem ser reprovados. Portanto, vale sempre ficar de olho na conta do Merchant Center e nos alertas que o Google envia para o e-mail cadastrado no GMC.

Quando problemas assim acontecem, sua missão é arrumar qualquer problema e reenviar para aprovação. Alguns dos erros podem ser simples, sendo corrigidos em minutos, já outros podem depender de ajustes no seu site, preço e políticas.

Nos casos mais graves de reprovação do site ou da conta, a sugestão sempre é: Siga todos os passos deste artigo antes de pedir reavalização do seu site ou conta, pois reincidência pode gerar banimento permanente de seu CNPJ, Domínio ou e-mail. 

Outra dica importante que eu posso te dar: Erro no Merchant reprova o Google Ads inteiro. Portanto, quando for criar uma conta do Merchant center não a vincule ao Google Ads até você ter os produtos aprovados, isso pode evitar travar o Google Ads. Caso já tenha vinculado, não tem mais o que fazer, agora é arrumar o Merchant Center para que só então seu Google Ads seja desbloqueado.

Vou dividir aqui os erros em 2 partes: 1. Erros na Conta ou site e 2. Erros no Feed de produtos.

Erros no Site ou Merchant

  1. Conta do Merchant Center não finalizada

O site não foi vinculado e confirmado, não possibilitando a verificação do Google sobre o comprimento das regras. Lembre que uma vez cadastrado e vinculado um site, o Google irá verificar se ele cumpre todos os requisitos para ser um parceiro do Google Merchant Center.

2. Site Reprovado.

Lembre de vincular um site ao Merchant Center somente se o ele já estiver completo, funcional, com todos os dados. Precisa ser e-commerce completo. Então, revise se o site possui checkout, se possui página individual dos produtos (com preço e botão comprar). Se o site é seguro (SSL).

3. Site não confíável.

Esse é um dos problemas mais recorrentes e que geralmente afeta contas novas ou recentes e depende de diversos ajustes no seu site. Entre eles o seu e-commerce deve obrigatoriamente conter:

  • Dados legais da empresa em todas as páginas: endereço físico, telefone, link para formulário de contato e e-mail em todas as páginas.
  • Preencher com as mesmas informações de contato também nas Informações Comerciais, no Merchant Center.
  • Política de entrega com link em todas as páginas: Texto informando como se dá a forma de envio e prazos de entrega.
  • Política de troca e reembolso: Como funciona no caso de troca de produtos com defeito ou devolução caso o arrependimento do cliente.
  • Política de termos de uso: Termos de uso do site.
  • Política de Privacidade: Como os dados dos clientes serão armazenados e que tipo de ferramentas serão utilizadas para monitorar as atividades dele.
  • Deixar claro os meios de pagamento: Imagens dos cartões no rodapé, além de outras formas de pagamento aceitas.
  • A pessoa tem que ser capaz de fechar uma compra completamente sozinha: ou seja, o checkout precisa estar completo e funcionando. E é preciso que o frete seja calculado para qualquer lugar do país, sem restrições.
  • Certificado de autorizado ou comprovação, caso você seja revendedor exclusivo ou prometa que o produto vendido é o melhor, maior da categoria, por exemplo.
  • Não venda produtos proibidos, como falsificados, perigosos, de origem duvidosa, desonestos, jogos de azar, medicamentos. Veja a política completa aqui: https://support.google.com/merchants/answer/6149970?hl=pt-BR

Erros com o Feed de produtos

Primeiramente é importante saber a diferença entre Erros, Alertas, Notificações

  • Erros: Campos obrigatórios do feed que estão incorretos ou em branco. O produto não será indexado.
  • Alertas: Campos não obrigatórios incorretos ou em branco. Campos obrigatórios com problemas que poderão gerar em reprovações futuras.
  • Notificações: Campos que podem estar com dados faltando. Estes produtos irão rodar, mas com performance comprometida.
  1. Problemas com Frete

Enviar valor estimado do Frete no Feed, através da tag shipping [frete] ou arrumar no próprio Merchant Center. Mais recomendado. Clique no ícone de ferramentas  e selecione Entregas e devoluções em “Ferramentas”. Você irá para a guia “Serviços de frete”.

2. Preços errados

Preços do feed tem que bater com o do site, certifique-se que o feed está atualizado e você está puxando o preço correto. Caso você tenha vários preços (a vista, boleto, com desconto), certifique-se de utiliza microdados para definir os valores corretamente. Você pode entender mais aqui:

https://support.google.com/merchants/answer/7331077?hl=pt-BR

Ah, Cuidado com cupons e descontos, eles precisam funcionar corretamente e os preços do Merchant precisam esta batendo com os preços apresentados no site já com o desconto aplicado.

3. Erro no título do produto:

Uma coisa que pode gerar alerta e mais tarde reprovação é utilizar o Titulo do produto todo capitalizado ou com muitos códigos. Tenha certeza de deixar o título o mais completo possível sem muitas abreviações e códigos.

4. Erro na Imagem

Imagem muito pequena ou com marca d’agua podem gerar alertas ou reprovações dos produtos. Lembre que a imagem do produto deve ter ao menos 250x250px e imagens muito pequenas também podem inviabilizar o uso das imagens em anúncios dinâmicos na rede de Display.

5. Produtos não disponíveis

Promover produtos sem estoque ou com estoque virtual (dropshopping) podem reprovar não só os produtos como a conta inteira de Merchant Center. Tenha certeza de promover somente produtos prontos para entrega.

6. GTIN, MPN e marca ausentes

Alguns segmentos precisam obrigatoriamente destas informações. Já outros até podem funcionar sem, mas podem comprometer as otimizações das campanhas. É recomendado que você insira ao menos 2 destes campos em cada produto enviado. Lembre que:

  • GTIN: Código de Barras. (você pode tentar usar o site Barcode Lookup para procurar o código de barras da maioria dos produtos)
  • MPN: Identificador de parte do produto
  • Marca: O nome do Fabricante.

Ah, lembre que caso o produto não tenha código de barras, você pode enviar um parâmetro chamado “identificador não existente”, mas ele pode comprometer a entrega das campanhas. Veja mais sobre ele na Ajuda do Google .

7. Gênero e idade ausentes

Para alguns produtos, geralmente ligados a vestuário, estes campos são obrigatórios, então trate de ajustar o feed da loja para poder enviar estes dados.

8. Item duplicado

Garanta que não tem mais de um feed com os mesmo produtos, isso pode gerar a reprovação deles.

9. Falta do google_product_category

Este campo faz parte de uma classificação interna do Google para melhor agrupar os produtos. Veja se na sua loja ou gerador de Feed existe este campo e preencha seguindo a própria documentação do Google. Encontre nesta lista a categoria que mais se assemelha a cada um dos seus produtos.

Resolver tudo e enviar para o suporte.

Geralmente quando erros de reprovação de conta ou site acontecem, você será notificado por e-mail e após corrigir, poderá solicitar revalidação do Google. O suporte tende a ser bem rápido. Embora o Google muitas vezes não deixe claro a razão da reprovação, se você corrigir os erros que coloquei acima, é quase que certa a garantia de aprovação.

Se mesmo assim o site ou conta continuarem reprovados, sugiro que você entre em contato com o suporte do Google Merchant Center. Ele tende a ser muito eficiente e pode contar se há mais alguma pendência no processo de aprovação.

Nos casos de reprovação de conta, Caso nada dê certo por você já estar com outros problemas ou diversos erros, a sugestão é criar um novo gmail do zero e só cadastrar a loja no Google Merchant Center quanto tudo isso tiver fixado.

No caso de produtos reprovados, você simplesmente pode corrigir na sua loja o feed e reenviar para reindexação, caso seja manual. Caso seja integrado via API, basta ajustar na sua loja e aguardar o produto ser reenviado ao Google Merchant Center.

Quer aprender a levar sua loja para o Google e o Google Shopping?

Curso de Google Ads já está liberado e nele você pode aprender tudo de Google Ads, inclusive como criar uma conta no Merchant Center e gerenciar o Google Shopping. São mais de 50 aulas, grupo no Telegram, Lives exclusivas e ainda aulas atualizadas mensalmente.

🔥 Que tal receber dicas gratuitas sobre Google Ads e Analytics toda semana no seu e-mail? Inscreva-se.

Posted in Google AdsTags:
Write a comment